2ª Campanha de Cadastramento de Doadores de Medula Óssea em Indaiatuba


Dentro da programação de eventos da <GABRIEL, no sábado, 28 de novembro de 2009, Indaiatuba recebeu a 2ª Campanha de Cadastramento de Doadores de Medula Óssea no Ginásio de Esportes do SESI.
Foram cadastrados mais 579 novos doadores de medula que contabilizados ao resultado de 2008 irão totalizar 1.319 possíveis doadores registrados no REDOME – Registro de Doadores de Medula.
Segundo Denise Macknavicius, coordenadora da AMEO – Associação de Medula Óssea e parceira da GABRIEL, o número registrado em Indaiatuba não pode ser comparado às demais campanhas feitas pela organização que atingem números bem superiores. Isso porque em Indaiatuba a campanha é feita única e exclusivamente pela solidariedade incondicional de seu cidadão, ou seja, não existe o apelo emocional do direcionamento da campanha para um paciente específico.
Os fundadores da GABRIEL, Maria Inês e Valdir, compartilham da mesma opinião.
Segundo Maria Inês “preferimos a qualidade do doador a tão somente a quantidade, pois sabemos que muitas vezes doadores cadastrados sem a devida conscientização de seu gesto, negam a doação quando convidados a fazê-lo. Isso é muito triste. Isso é como se o paciente morresse duas vezes. Uma pela doença e outra vez pela falta de compreensão da grandeza do gesto da doação. E temos certeza que as pessoas que se cadastraram neste sábado responderão positivamente se chamadas a doar. Como no caso da nossa colaboradora Miriam Campos que foi chamada em agosto deste ano e já confirmou a doação. Ela já realizou todos os exames necessários e está aguardando apenas o momento em que receptor esteja em condições de receber o transplante.”
O Brasil conta hoje com cerca de um milhão e duzentos mil cadastros efetivos, o que ainda é pouco. Para que tenhamos um número confortável para atender à demanda, o REDOME precisa ter cerca de 11 milhões de cadastrados.
Segundo Maria Inês, esta campanha só retornará a Indaiatuba em 3 anos. Até lá a GABRIEL pretende desenvolver um trabalho de esclarecimento e conscientização voltado a esclarecer a população sobre o assunto através de palestras e campanhas.
Além das ações programadas durante todo o ano a GABRIEL irá apresentar uma programação especial na semana de 1º de outubro, cuja data foi instituida como o Dia Municipal de Incentivo ao Cadastramento de Doadores de Medula Óssea, através da Lei Municipal nº 5.568 de autoria dos vereadores Luiz Alberto Pereira, Cebolinha e Túlio José Tomass do Couto.
Outra festa à parte foi o conjunto de pessoas envolvidas na organização do evento. Indaiatuba recebeu mais de 30 voluntários vindos de São Paulo, Jagariúna e Itatiba, além dos voluntários da GABRIEL alunos das Faculdades locais e do CAMPI, funcionários da Secretaria Municipal de Saúde, Prefeitura, Câmara Municipal, funcionários do SESI e amigos da GABRIEL.

Parceiros importantes como a TMD Friction, Exsa Ambiental, Relth Cápsulas Moles, Drogasil, Flaneg, Indaiá Papelaria, Coffee Service, Laboratório Dra. Edna Jaguaribe, HAOC Saúde, Hospital Santa Ignês, Supermercados Pague Menos, Unipolo, e Sanare, também fizeram a diferença para o sucesso do evento. Cada um a sua maneira, fizeram a sua parte! E a vida, agradece!

Para quem não conseguiu se cadastrar durante a campanha em Indaiatuba, ainda deseja faze-lo e mora ou trabalha próximo de nossa na região, basta se dirigir-se ao Hemocentro da UNICAMP, Rua Carlos Chagas, 480 em Campinas.

Informações sobre horários ligue: +55(19)3521-8701.

Tire suas dúvidas sobre Doação de Medula Óssea, clique aqui

É possível se cadastrar como doador voluntário de medula óssea em seu estado: Hemocentros nos Estados. No Rio de Janeiro, além do Hemorio, o INCA também faz a coleta de sangue e o cadastramento de doadores voluntários de medula óssea de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 14h30, e aos sábados, de 8h às 12h. Não é necessário agendamento. Para mais informações, ligue para (21) 2506-6064.